terça-feira, 30 de abril de 2013

Delicioso Bolo de Limão

Leve e geladinho, é uma ótima opção para os dias quentes!


 
Eu não sou fã de alimentos com apelo agridoce, mas adoro brincar com texturas e com o sabor doce sendo quebrado por algum elemento. O limão é perfeito pra isso!
Esta receita é simples, tem como base um pão-de-ló de leite, e como cobertura uma levíssima mousse de limão. Vale a pena conferir!
 
Massa - Ingredientes
 
04 ovos
02 xícaras de chá de açúcar
02 xícaras de chá de farinha de trigo
01 xícara de chá de leite fervente
01 colher de sopa de fermento em pó
01 pitada de canela
Gotas de essência de baunilha
 
Massa - Modo de Fazer
 
Bata as claras em neve muito bem. Assim que estiver bem firme, ir acrescentando as gemas uma a uma, batendo muito bem após cada adição. Junte o açúcar e a baunilha até obter um creme branco. Diminua a velocidade da batedeira e vá alternando aos poucos a farinha de trigo com o leite. Acrescente a canela e em seguida o fermento em pó. Despeje a massa em uma forma untada com margarina e enfarinhada. Assar em forno pré-aquecido em 180 graus.
 
Calda para molhar o bolo - Ingredientes e Modo de Fazer
 
Suco de 01 limão
Um pouco de mel
1/2 xícara de água
 
Mexa muito bem todos os ingredientes e molhe o bolo ainda quente.
 
Cobertura - Ingredientes e Modo de Fazer
 
Suco de 03 limões
01 lata de leite condensado
01 caixinha de creme de leite
01 copo de iogurte natural
Um pouco de raspa de limão 
 
Bater todos os ingredientes no liquidificador por uns cinco minutos, até que a mistura fique bem aerada.
Cobrir o bolo. Leve a geladeira. Sirva gelado.
 
Obs.: Pode enfeitar com lascas de cascas de limão, com suspiros e confeitos açucarados.  
 
 
 
 
 
  
  
 
 




segunda-feira, 29 de abril de 2013

Biscoitinho de Cebola

Saborosos e deliciosamente crocantes


 
 
No lance da tarde, acompanhado com uma boa xícara de café, ou até mesmo como crouton no acompanhamento de saladas, este biscoitinho é sem igual!
Sabe aquelas receitas que te remetem à uma determinada pessoa? Pois bem, esta receita é marca registrada da minha cunhada Cristina! É super fácil de fazer, não tem segredo!
 
Ingredientes:
 
03 copos americanos de farinha de trigo
01 pacote de creme ou sopa de cebola
50 gramas de queijo parmesão ralado
250 gramas de margarina
03 colheres de sopa de maionese

Modo de Fazer:

Coloque todos os ingredientes juntos numa vasilha.


Amasse todos os ingredientes com as mãos, para que fique uma massa bem homogênea. Depois de alguns minutos mexendo na massa, ela ficará com uma textura que solta facilmente das mãos.

 
 
Fazer rolinhos com a massa, cortar os biscoitinhos e amassar com a ponta de um garfo.
 
 



Dispor os biscoitinhos em uma forma untada com margarina e enfarinhada. Levar pra assar em forno pré-aquecido, em 180 graus, até que os biscoitos comecem a ficar douradinhos. Tempo médio de 20 a 30 minutos.

Hoje é aniversário de meu querido sogro Luiz Carlos, uma das melhores pessoas que conheço! Então, já separei um pacotinho recheado com essas pequenas delícias pra ele!







Dr. Bronner's Magic Soap

Para lavar a salada e mais mil utilidades!


 
 
Quando lí a respeito deste produto, realmente não acreditei, mas resolvi pagar pra ver!
Pense num produto que serve para tomar banho, lavar frutas e saladas, escovar os dentes, lavar roupas, dar banho em animais domésticos e muito mais. Este é o sabonete liquido da marca Dr. Bronner's, em uma de suas variadas opções existentes no mercado.
Sem contar que ele é orgânico e extremamente refrescante para o banho, você consegue sentir sua pele respirando! Virei fã e entendi porque atualmente este produto é o queridinho de celebridades como Lady Gaga e Gwyneth Paltrow.
Mas aqui é um blog culinário, então antes que eu me empolgue, fica a dica de usar para lavar os alimentos, pois sendo uma fórmula natural, realmente limpa sem agredir e não altera o sabor!



domingo, 28 de abril de 2013

Torta Fácil de Queijo e Presunto

Rápida de preparar, para ser degustada no lanche ou nas refeições!


 
 
Se tem uma coisa que me deixa de mau humor é perder meu precioso tempo! Por isso, sempre opto por receitas simples e descomplicadas!
 
Esta torta fica uma delícia. A base dela serve para outros recheios, fica ótima aos Quatro Queijos, com salsicha e molho, carne moída e até mesmo somente com legumes. É uma massa leve e bem aerada!
 
Ingredientes (massa):
 
02 xícaras de chá de leite morno
1/2 xícara de chá de azeite de olive
02 xícaras de chá de farinha de trigo
02 ovos
01 colher de chá de sal
01 colher de sopa (rasa) de açúcar
02 tabletes de fermento biológico ou 50 gramas daquele comprado à granel na padaria

Modo de Fazer:

Coloque o leite, o azeite, a farinha, os ovos, o sal e o açúcar no liquidificador. Deixe batendo por uns 5 minutos, para que a massa fique bem aerada. Por ultimo, acrescente o fermento e bata apenas por alguns segundos. Cubra o copo do liquificador com papel filme ou um plástico, deixe descansar até que a massa dobre de volume, leva de 20 a 30 minutos, dependendo da temperatura ambiente.
Unte uma forma ou refratário com azeite e polvilhe farinha de trigo. Despeje metade da massa, coloque o recheio e cubra com o restante da massa.
Se quiser, polvilhe queijo parmesão ralado ou orégano.
Leve ao forno pré-aquecido e deixe assar em forno médio até que fique bem douradinha por cima.

Recheio:

200 gramas de mussarela picados
200 gramas de presunto picados
01 copo de requeijão

Café Havana

Doce & Amargo, Preto no Branco


 
 
Nada como uma boa xícara de café, seja para apreciar sozinho ou com pessoas queridas. E Domingo é o Dia Oficial da Preguiça...então que tal unir o melhor dos dois mundos numa receitinha ridícula que tão fácil?
 
Ingredientes:
 
Café
Leite Condensado
 
Modo de Fazer:
 
Prepare um café bem forte, pois ele é quem dará o sabor amarguinho pra contrastar com a parte doce. Em uma xícara, de preferência transparente para que possa ficar evidente as duas cores da bebida, coloque leite condensado. Complete com o café e sirva prontamente.
O legal desta bebida é ir degustando aos poucos, mexendo com uma colher, pra ir sentindo o leite condensado incorporar no sabor amarguinho do café.
 
 

sábado, 27 de abril de 2013

Sobremesa Mais que Fácil

Um visual bicolor, leve e com gosto de quero mais!


 
 
Gelatina sozinha pode até não ter muita graça, mas com essa cobertura deliciosa fica com gostinho de infância!
Esta sobremesa é super fácil, não tem erro! E ainda dá pra fazer bonito pra uma visita de última hora.
 
Ingredientes:
 
01 caixa de gelatina de morango
01 lata de leite condensado
01 caixinha de creme de leite
01 pacotinho de suco em pó sabor morango
 
Modo de Fazer:
 
Preparar a gelatina de acordo com as instruções da embalagem. Colocar nas taças e levar à geladeira, deixando por volta de duas horas, até que comece a endurecer.
 
Bater no liquidificador o leite condensado, o creme de leite e o suco em pó. Bater muito bem para que fique com a consistência de mousse. Colocar nas taças, sobre a gelatina, para que fique uma segunda camada bicolor. Leva pra gelar por uma hora.
 
Dicas:
 
Pode caprichar colocando uma terceira camada de Chantilly com um morango em cima, fica lindo!
Além disso, não precisa ficar preso ao sabor morango...com a gelatina de uva, suco de uva...e por aí vai! Aqui em casa já fiz de vários sabores, mas a que faz mais sucesso ainda é a tradicional de morango!
 
 
 
 
 
 


Waffles, uma tradição americana à sua mesa!

Deliciosos, crocantes e fofinhos...não tem como resistir!



 
 
Uma máquina de waffle simples pode ser encontrada no mercado entre R$ 50,00 e R$ 100,00. É um investimento que vale a pena para incrementar seu café da manhã!

Seja na tradição americana, com a cobertura de Maple Syrup (um melado bastante saboroso), ou com o que sua imaginação mandar, o waffle é facílimo de fazer!
Segue abaixo a minha versão da receita, levemente adaptada do original que acompanha o aparelho. A receita original leva óleo e amido de milho, então alterei os dois ingredientes e gostei bastante do resultado.

Ingredientes:

02 ovos
01 copo de leite (240 ml)
01 copo e 1/3 de farinha de trigo (300 ml)
01 colher de chá de sal
02 colheres de sopa de azeite
01 colher de chá de fermento em pó

Modo de Fazer:

Bater tudo muito bem no liquidificador.
Pincelar margarina em toda a superfície do aparelho, quando estiver bem quente, adicionar a massa aos poucos.

 
 
Fechar o aparelho e aguardar ficarem dourados.

Quando prontos, ainda quentes, fica uma delícia passar margarina. Ela derrete e o sabor fica incrível!



O rendimento médio é de 08 a 10 unidades.



sexta-feira, 26 de abril de 2013

Bolo de Fubá Fofinho

O complemento ideal para um café da tarde!



Uma boa xícara de café ao lado de boa companhia fazem uma tarde simples ficar mais que perfeita!
Abro a porta de casa e vejo minha mãe segurando um potinho com seu maravilhoso Bolo de Fubá. Preciso de mais o que? É só passar um café e aproveitar!
Mas é claro que não poderia deixa-la partir sem compartilhar com vocês a receita desta delícia, super simples de fazer!

Ingredientes:

04 ovos grandes
02 xícaras de chá de açúcar
200 gramas de manteiga
250 ml de leite
1/2 vidro de leite de côco
02 xícaras de chá de farinha de trigo
02 xícaras de chá de fubá
01 colher de sopa de fermento em pó

Modo de Fazer:

Separar as claras da gema. Bater primeiramente as 04 claras em neve com uma pitada de sal para dar consistência. Reservar.
Juntar as 04 gemas, o açúcar e a manteiga. Bater muito bem, em velocidade alta da batedeira, até que a mistura fique esbranquiçada. Diminuir a velocidade para o mínimo, em uma panela aquecer o leite misturado com o leite de côco, ir adicionando aos poucos à mistura, alternando com a farinha de trigo e o fubá. Por ultimo, acrescentar o fermento em pó. Desligar a batedeira e acrescentar aos poucos as claras em neve e ir mexendo suavemente, até que a mistura fique homogênea.
Despejar a massa em uma forma grande de buraco no meio, untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo.
Levar ao forno pré-aquecido e deixar assar em 180 graus.

Calda:

1/2 lata de leite de côco
01 colher de sopa (cheia) de açúcar

Levar ao fogo e ir misturando até levantar fervura. Derramar sobre o bolo ainda quente.



Testes de receitas com whisky

Porque quem não tem cão, realmente caça com gato!



Aqui em casa, tendo um marido que adora whisky, não há espaço para a compra de conhaque ou de rum. E aí, parece que todas as receitas do mundo levam essas duas bebidas! Seja pra flambar ou pra dar um gosto especial, lá estão elas para o meu desepero.
Foi aí que resolvi substituir pelo whisky para ver de dava certo. E, pra minha surpresa, ficou melhor do que eu imaginava!
Strogonoff com whisky? Maravilha! Aliás, nada combina mais com whisky do que carne. Seja no tempero da carne, para marinar ou até pra dar um gosto especial no molho como complemento.

Hoje é Sexta-feira, então vou aproveitar pra dar uma dica de batida com whisky que aprendi com meu irmão Eduardo. Com relação às quantidades de cada ingrediente, fica a seu critério, pois você pode deixar mais fraca ou "arretada". De qualquer forma, fica uma delícia!

Whisky (a gosto)
Abacaxi Picado
Gelo
Leite Condensado

Bate tudo no liquidificador e voilà!!


quinta-feira, 25 de abril de 2013

Brigadeiro de Paçoca

Fugindo do tradicional sem perder o charme!

Leite condensado combina com quase tudo no mundo, basta ter imaginação. E com um ingrediente saboroso como a paçoca não tem como errar! E vamos combinar, nada como um pouco de açúcar pra alegrar o dia de uma mulher, não há mau humor que resista!

Ingredientes:

01 lata de leite condensado
01 colher de sopa cheia de margarina
03 paçocas (rolha) esfareladas



Colocar todos os ingredientes numa panela e levar ao fogo, sempre mexendo muito bem. O ponto é o mesmo do brigadeiro comum, até a massa ir ficando mais densa e aparecer o fundo da panela enquanto mexe com a colher.

Untar um refratário com um pouco de margarina e despejar a massa para que possa esfriar.



Enrolar e passar em confeitos coloridos ou açúcar ou no que sua imaginação mandar!

Salada e Goji Berry...what?

Já que é preciso se alimentar bem...

Eu adoraria abrir o jornal e descobrir que, na verdade, o que realmente engorda é salada e legumes. Tenho certeza de que não sou a única, mas lamento informar que a vida não é perfeita! (risos)
Lembra quando éramos crianças e nossas mães deixavam o prato colorido pra nos encher os olhos? Valia tudo pra manter o interesse: fazer carinhas sorridentes na margarina ou mostrar uma bela sobremesa como recompensa por ter deixado o prato limpinho depois do almoço.
Pois bem, nós crescemos mas certas coisas nunca mudam. Então, já que a salada é tão importante, vamos fazer dela uma refeição de encher os olhos, acrescentando elementos que prendam nosso interesse. Dessa forma, não será nenhum sacrifício, muito pelo contrário!

 

Goji Berry

De tempos em tempos, surge um novo alimento que promete milagres para nossa saúde. A bola da vez é uma pequena frutinha chamada Goji Berry, tida como antioxidante e riquíssima fonte de vitaminas.

Posso dizer com propriedade que é extremamente saborosa. Tem um fundo agridoce que cai bem tanto em pratos doces como salgados. Na salada fica um complemento incrível. Eu gosto mesmo é de adicionar a um belo prato de granola com iogurte.
Vale a pena tentar, né? Mas ainda tenho esperanças de que a ciência descubra que doces e frituras são ótimos pra saúde...(risos)


quarta-feira, 24 de abril de 2013

Bolo de Banana com Canela

A melhor pedida para acompanhar o café nos dias frios!






Quem gosta de comer bem está sempre associando as coisas com comida! rsrs
Chega o inverno e aí já era, pois no verão é muito mais fácil associar com pratos e sobremesas mais leves!
Mas vamos combinar...bolo de banana com canela é leve, não é? Pensa nele acompanhando um café quentinho passado na hora..rsrs

Ingredientes:

04 claras em neve
04 gemas
02 xícaras de chá de açúcar
200 gramas de margarina
01 xícara de chá de leite morno
02 e 1/2 xícaras de chá de farinha de trigo
1/2 xícara de chá de amido de milho
01 colher de sopa de fermento em pó
04 bananas nanicas cortadas em fatias
Canela em pó a gosto

Modo de Fazer:

Na batedeira, bata as claras em neve com uma pitada de sal para dar firmeza. Reserve.
Bata as gemas com o açúcar e a margarina, até formar uma mistura cremosa e esbranquiçada. Diminua a velocidade da batedeira para o mínimo.
Vá acrescentando o leite aos poucos, alternando com a farinha de trigo e o amido de milho.
Por último, adicione o fermento e bata por alguns segundos para incorporar à massa.
Desligue a batedeira e junte as claras em neve, mexendo levemente com a ajuda de uma espátula ou fuê, até ficar uma massa homogênea.
Unte uma forma retangular média com margarina e polvilhe farinha de trigo. Cubra o fundo com as bananas cortadas. Polvilhe canela (pode também polvilhar um pouco de açúcar se quiser!).
Leve para assar em forno pré-aquecido, em 180 graus, por uma média de 40 minutos, até espetar um palito na massa e ele sair limpinho.





Sempre na busca pelo caminho das Índias!

Os temperos e sua magia em transformar os sabores

Honestamente entendo o longo caminho que os navegadores percorriam na busca dos preciosos temperos da Índia. Comida sem tempero é como dormir sem sonhar: não tem a menor graça!
Eu e meu marido temos o costume de vasculhar supermercados sempre que viajamos. Eu sempre me perco quando descubro o setor de temperos.
E foi em Buenos Aires que descobri o gengibre em pó...Ahh! Que descoberta incrível!
Para temperar carne, frango, peixes...seja o que for! Tem o dom de acrescentar aquele apimentado que não agride o estômago. Dá aquele gosto de "o que será que tem de diferente neste prato?".

Panquecas de Carne com Queijo

Eu me rendo! Eu me rendo!

Cresci nos anos 80, talvez a última década em que a maioria das mães ainda não trabalhava fora. A cozinha de minha mãe era um templo ao qual eu não pertencia. Ela fazia questão de participar de cada detalhe, com um cuidado e amor indescritíveis.
Por volta dos meus 11 anos, pela necessidade, ela conseguiu um emprego e nem sempre estava à disposição para cuidar de seu templo tanto quanto gostaria. Um belo dia, ela me ligou e pediu pra fazer panquecas para o almoço, pois chegaria em cima da hora. Eu me agarrei a esta brecha para brincar um pouco com a alquimia dos alimentos.
Hoje em dia, depois de anos de prática, minha mãe tem orgulho em dizer que minhas panquecas superam as dela! Até hoje não descobri se é realmente verdade ou se é mais uma daquelas artimanhas de mãe pra nos encher de orgulho (risos).
Sem mais delongas, segue a receita!

Massa:

01 xícara de água
1/2 xícara de leite
01 ovo
25 gramas de queijo parmesão ralado
01 colher de chá de fermento em pó
01 e 1/2 xícaras de farinha de trigo

Bater todos os ingredientes no liquidificador por alguns minutos. Quanto mais a massa ficar aerada, mais leve será sua receita.


Fritar as panquecas de preferência em frigideira untada com azeite de oliva, até dourar ambos os lados. Nesta hora, vale a pena treinar seus dotes de chef jogando a massa pro alto para virar o lado! (risos)



Recheio:

500 gramas de carne moída
01 cebola picada
01 dente de alho picado
01 tomate grande picado
01 cubinho de caldo de picanha
temperos a gosto (sugestão): oregano, sal, gengibre em pó, molho shoyo, azeitonas pretas
03 colheres de sopa de molho de tomate
Azeite para refogar

Refogar a cebola, o alho e o tomate. Acrescentar o caldo de picanha e o molho de tomate. Colocar a carne moída e temperar a gosto. Mexer de vez em quando até cozinhar completamente.



Rechear as panquecas uma a uma, acrescentando queijo mussarela a gosto. Embrulhar e alinhar num refratário.
O molho de tomate fica a seu critério. Caso utilize um dos molhos prontos disponíveis no mercado, acrescentar um tomate inteiro picado para dar mais gosto.
Cobrir o refratário com papel alumínio e levar ao forno 180 graus por 10 minutos, tempo suficiente para derreter o queijo.



O rendimento médio é de 07 unidades.
Pode servir com salada, arroz ou batata palha.
Bom apetite! =)


O mundo maravilhoso das essências!

Transformando uma receita em mil sabores diversos

Em quase todas as receitas de bolo podemos encontrar a instrução para o uso da famosa "essência de baunilha". O acréscimo dela resulta num maravilhoso aroma de confeitaria pairando pela casa enquanto a massa está no forno!
Mas que tal inovar? Há disponível no mercado um número sem fim de essências para dar um up em suas criações.
Bolo de chocolate fica incrível com essência de Caramelo, bolo branco fica uma delícia com essência de Morango. Sem contar o marshmallow feito com gotinhas de essência de Rum Jamaica. Isso mesmo! Existe esta maravilhosa essência! E pode acreditar que o aroma dela é um dos mais marcantes. Ok, ok, talvez o meu gosto pessoal para bebidas alcóolicas nas minhas receitas conte bastante para esta escolha! (risos)
Então lembre-se: uma mesma receita pode ter mais sabores que você imagina, basta ter disposição e imaginação para experimentar.

 

terça-feira, 23 de abril de 2013

Bolo de Chocolate e Licor

O milagre da multiplicação do bolo!

Eis que surge minha mãe, uma mulher incrível que me enche de orgulho e é a base de tudo que sou!
Esta receita foi tirada de um de seus inúmeros cadernos escritos a mão, no melhor estilo oldschool!
Você pode optar pela versão "Bolo Gigante" ou pela versão "Dois Bolos Médios pelo Preço de Um"! Aqui em casa, como pode ser visto na foto abaixo, escolhi a versão 2! Um dos bolos será um presente para queridos familiares e outro para degustação própria! Afinal de contas, quem gosta de cozinhar tem que ter ao seu lado uma companhia que curta a arte de comer - e eu tenho o meu amado marido Junior, com quem compartilho meus momentos!


Ingredientes:

02 xícaras de chá de açúcar
05 ovos
200 gramas de manteiga ou margarina
03 xícaras de chá de farinha de trigo
1 e 1/2 xícara de achocolatado em pó
01 cálice de licor de cacau ou chocolate
01 xícara de chá de leite morno
Gotas de essência de baunilha
01 colher de sopa de fermento em pó

Modo de Fazer:

Separar as gemas das claras.
Bater as 05 claras em neve, adicionando uma pitada de sal (que ajuda a manter a mistura firme). Reservar.

Bater as 05 gemas, a manteiga e o açúcar bem até ficar uma massa esbranquiçada. Lembrando que, de preferência, a manteiga e as gemas devem estar em temperatura ambiente.
Diminuir a velocidade da batedeira ao mínimo e ir alternando o leite morno com a farinha de trigo. Acrescentar também, sempre aos poucos, o licor e o achocolatado.
Desligar a batedeira, acrescentar o fermento em pó e mexer delicadamente, até estar totalmente incorporado à massa.
Por ultimo, adicionar as claras em neve e mexer delicadamente.

Fôrma untada e enfarinhada.
Assar em 180 graus, em média por 45 minutos.

Cobertura:

01 colher de sopa de margarina
03 colheres de sopa de achocolatado em pó
01 xícara de chá de açúcar
05 colheres de sopa de leite

Colocar todos os ingredientes numa panela, levar ao fogo e mexer bem até começar a levanter fervura. Cobrir o bolo ainda quente.